Humberto Pontes rebate Eitel Santiago sobre críticas à gestão da Segurança Pública: “Na gestão dele, não havia estatísticas e policiais tinham que ficar embaixo de tendas, no meio da rua”

O vereador Humberto Pontes (Avante) rebateu nesta terça-feira (12) críticas feitas pelo ex-secretário da Segurança e Defesa Social, Eitel Santiago, à gestão atual da pasta. Segundo o parlamentar, na época em que o sub-procurador da República aposentado estava à frente das polícias e bombeiros estaduais, não se tinha acompanhamento dos índices de criminalidade na Paraíba e policiais eram colocados para trabalhar em tendas, sem o mínimo de estrutura.

“O ex-secretário comentou que a atual gestão está destruindo a segurança pública, em matéria que tratava de suposto fechamento de delegacias. A afirmação do sub-procurador é superficial, porque desde 2011 houve o fortalecimento das estruturas policiais, assim como a contagem de crimes ocorridos, o que proporciona uma verdadeira gestão. Na gestão dele, nãos e sabia nem quantos homicídios aconteciam no fim de semana, muito menos o andamento dos inquéritos”, frisou Humberto Pontes.

O parlamentar ainda lembrou que na gestão de Eitel Santiago, policiais militares foram colocados para trabalhar em tendas, no meio da rua, sem ao menos banheiro ou água, em condições desumanas. “Enquanto isso, temos agora investimento em estruturas como a Central de Polícia Civil em João Pessoa, Acadepol, o novo prédio do Instituto de Polícia, em Campina Grande, além de Batalhões de Polícia Militar e Corpo de Bombeiros”, pontuouba, delega